HOME / Matéria / Do céu ao inferno é só questão de minutos

Do céu ao inferno é só questão de minutos

02/03/2016
Araraquara / SP
Tetê Viviani
Foto: Jonas Bezerra/arquivo

A gangorra do futebol é divertida. Um minuto de glória no céu e de repente você está no inferno. Muitas vezes ocorre no próprio jogo, outras vezes na partida seguinte.

O técnico Sérgio Vieira sofreu nessa semana com as adversidades de resultados positivos e negativo. Após encarar no domingo (21) o campeão brasileiro na Fonte Luminosa e conseguir um expressivo empate diante do Corinthians, por 2 a 2, ele mexeu radicalmente na Locomotiva e perdeu para o Ituano, por 3 a 2, na quinta-feira (25) em Itu. No último domingo (28), ele promoveu a volta dos titulares e venceu o Palmeiras, por 2 a 1, na casa do adversário.

Agora, a lógica é manter a melhor formação. O campeonato é um tiro curto de quinze partidas na primeira fase. Não há tempos para experiências e muito menos para testes.

A confiança da torcida é enorme. O futebol objetivo da Ferroviária é destaque na imprensa de São Paulo, que acompanhou de perto as partidas contra Corinthians e Palmeiras.

Vale a pena ir ao estádio da Arena da Fonte Luminosa no próximo domingo, dia 6 de março, quando a Ferroviária enfrenta o Novorizontino, às 18h30, para manter a liderança no Grupo C.

Observar a postura do time que sai jogando sem rifar a bola. Uma zaga de respeito com o atento Rodolfo na meta e os jovens zagueiros Wanderson e Marcão apoiados pelos alas Igor Julião e Thalisson.

Os volantes de qualidade como Juninho, Rafael Miranda e Renato Xavier. Os criativos meias Fernando Gabriel, Mateus Rosetto e Wescley e os ousados atacantes Caíque, Thiago Adan, Rafinha, Samuel e Danielzinho. Opções interessantes para Sérgio Vieira mexer na prancheta.

Outro detalhe é a invencibilidade na Arena da Fonte Luminosa. A derrota mais recente foi em 2013. AFE! 

Galeria de Fotos

Comentário(s) - 0

Seja o primeiro a comentar.