HOME / Notícia / Araraquara abaixo de zero

Araraquara abaixo de zero

22/06/2016
Araraquara / SP
Jonas Bezerra
Foto: Reprodução

Assim como no filme “Jamaica Abaixo de Zero”, podemos dizer que Brasil se assemelha ao longa-metragem que foi sucesso no início dos Anos 90. Neste caso, os pontos em comum entre os dois países são o clima tropical e o esporte, no caso, o bobsled (espécie de trenó de quatro trilhos dotado de direção e utilizado por duas ou quatro pessoas para descer encostas nevadas ou para disputar competições esportivas em pistas de neve). E, Araraquara, tem um representante na delegação brasileira: Erick Vianna, velocista dos 100m rasos e 110m com barreiras.

A delegação conta com um time 4 man (quatro competidores homens): Edson Bindilatti, (piloto), Edson Martins (segundo), Erick Vianna (terceiro) e Rafael Souza (quarto), além de Denis Parreiras; dois times 2 man (dois competidores homens), estão Edson Bindilatti (piloto) e Edson Martins (break). O Brasil tem ainda o time feminino 2 woman: Fabiana dos Santos e Sally Mayara.

Erick Vianna diz que os treinamentos da equipe acontecem no Europa em períodos sazonais. Por exemplo: no final do passado e início deste ano – 28 de dezembro a 3 de janeiro – a equipe treinou na Inglaterra para etapas da Áustria e Suíça da Copa Europa. Nesta competição, o Brasil ficou com o expressivo 16º lugar. Já no Mundial da Áustria, que aconteceu entre 20 e 21 de fevereiro, o Brasil conquistou o 24º lugar.

Indagado como é praticar atletismo e, ao mesmo tempo, bobsled, o velocista araraquarense esclarece: “Embora sejam competições diferentes, elas se assemelham. Trabalhamos muito a parte física, velocidade, força e salto”, afirma Erick que está de férias na modalidade desde de meados de março deste ano.

O próximo compromisso dos Blues Birds será Mundial que acontecerá na Romênia, entre os dias 9 e 11 de setembro”. No momento, Erick Erick está se dedicando para os Jogos Regionais de Sertãozinho, que acontecem na primeira quinzena de julho. Pentacampeão da competição, ele é um dos principais do atletismo araraquarense. Venceu grandes competições em nível nacional e no exterior.

Após os Jogos, o atleta volta a integrar a equipe brasileira. “Em meados de julho, a nossa equipe estará na Inglaterra treinando para o Mundial de setembro na Romênia. A cada competição o nosso desempenho vem melhorando. No Mundial, vamos superar o nosso melhor resultado na competição”, destaca.

Mesmo com os resultados expressivos que tem obtidos em competições, o Brasil vem trabalhando para ter uma equipe forte e competitiva. É um projeto novo que foge a todas as características do país, principalmente em relação ao clima, a delegação brasileira disputa vários campeonatos mundiais de bobsled e tem conquistado alguns resultados expressivos, como o título da Copa América de 2014.

Para o superintendente técnico da CBDG (Confederação Brasileira de Desportos no Gelo), Matheus Figueiredo, “Estamos muito confiantes no trabalho que está sendo desenvolvido até aqui. O time brasileiro não é mais visto como um time que apenas participa, e sim como um time que compete. Nosso modelo de gestão nos faz acreditar que vamos confirmar, nessa temporada, que estamos em um patamar próximo dos grandes times do mundo”, afirmou.

Galeria de Fotos

Comentário(s) - 0

Seja o primeiro a comentar.